Eventos: Público e financiamento para o teatro
Público e financiamento para o teatro
Produção
Aula UFBA
Profa. Dra. Deolinda de Vilhena
Ministrantes: Anna Rodrigues e Cristiano Rezende
Nessa aula, foram discutidas questões importantes para um produtor refletir, entre as quais: de onde vem o dinheiro para a realização de um projeto cultural?

É preciso pensar que o público tem que estar inserido em todo o projeto, em todas as etapas. Além disso, o produtor precisa saber quem é o seu público. Não adianta, por exemplo, oferecer um espetáculo encenado no bairro nobre de uma cidade para quem mora na periferia (óbvio que existem projetos culturais que buscam realizar formação de plateia e que pensam em estratégias para que esse público vá ao teatro, mas a presença dessas pessoas não tem como ser espontânea).
É preciso ter um público alvo. Sem essa premissa, nenhum evento obtém sucesso. Também é essencial realizar ações para que mais púbico vá ao teatro porque realmente são sempre as mesmas pessoas que costumam frequentar as salas de espetáculos.

Um projeto rejeita e abraça um público. É preciso conquistar um público e conseguir mídias (como chegar até uma pessoa e convencê-la a prestigiar um evento? É preciso criar hábitos e para eles se consolidarem é essencial oferecer oportunidades.

Num momento em que cada vez mais as novas mídias, em especial as digitais, estão conquistando a preferência das pessoas, como fazer com que alguém saia de casa e enfrente, por exemplo, trânsito, perigo de assalto, já que ficar em casa é mais barato e seguro?
Sem desmerecer experimentos online, ¨o teatro é a arte que se faz ao vivo¨.
Como diz o ator e produtor Claudio Fontana: ¨só no teatro ocorre a magia do encontro ator e público¨.
Como fazer com que as pessoas entendam isso? Elas precisam ir ao teatro pra perceberem o seu valor. Sem público não ocorre o teatro, a arte perde a sua característica – que é a de provocar reflexão e encantamento no próximo (Cristiano Rezenda)
Com relação às verbas, é preciso agregar várias formas de financiamento, além da busca do patrocinador. Anna defendeu que o teatro deve ser subsidiado pelo governo, mas que na atual conjuntura do nosso país não dá pra esperar que isso aconteça.
Por isso é preciso pensar em formas e formas para se obter a verba para a realização do projeto,
E muito importante, cabe ao produtor estudar as leis e é ele o responsável pela explicação das leis para os empresários. E para entender as leis é preciso estudar e pesquisar. UM PRODUTOR PRECISA GOSTAR DE LER.
Cada edital exige um planejamento específico. Se o seu projeto não está adequado aos editais que estão sendo lançados, espere um pouco até surgir algum que encaixe com os seus objetivos.
Outro ponto importante: pense sempre em estratégias para dar visibilidade ao patrocinador e definir quem é patrocinador e quem é apoiador.
Conhecer as funções e as leis de incentivo é essencial porque muitas pessoas citam a lei Rouanet, por exemplo, sem conhecimento algum. Claro que tudo pode, e deve ser melhorado, mas dizer que os artistas ¨mamam na lei Rouanet¨é de um desconhecimento absurdo. Por isso, quanto mais divulgarmos como é o trabalho de um produtor, mais sandices deixarão de serem faladas por quem não entende nada do assunto.



Aula UFBA. Profa. Dra. Deolinda de Vilhena Ministrantes: Anna Rodrigues e Cristiano Rezende
¨ Incentivar a cultura é incentivar a economia¨.
¨Cultura dá retorno e contribui para a identidade de um povo. A cultura traz em si a herança de um povo, educa e é parte fundamental na formação dos indivíduos¨ - Claudio Fontana
¨A minha função é transformar pelo menos uma pessoa da plateia¨. Claudio Fontana

Aula produção cultural
Convidado ator, produtor @claudiofontanaator Claudio Fontana #Ufba
Profa. Dra. @deolindadevilhena Deolinda França de Vilhena - disciplina TEA 259 - Produção Teatral,
Mediação - Prof. Dr. @sergiosobreira Sergio Sobreira
Apresentação - Anna Rodrigues
http://www.deolhonacena.com.br/index.php?pg=3a2b&sub=578#linha



DE OLHO NA CENA ® 2015 - Todos os Direitos Reservados
. . . . . . . . . . . .

DE OLHO NA CENA BY NANDA ROVERE - TUDO SOBRE TEATRO, CINEMA, SHOWS E EVENTOS Sou historiadora e jornalista, apaixonada por nossa cultura, especialmente pelo teatro.Na minha opinião, a arte pode melhorar, e muito, o mundo em que vivemos e muitos artistas trabalham com esse objetivo. de olho na cena, nanda rovere, chananda rovere, estreias de teatro são Paulo, estreias de teatro sp, criticas sobre teatro, criticas sobre teatro adulto, criticas sobre teatro infantil, estreias de teatro infantil sp, teatro em sp, teatros em sp, cultura sp, o que fazer em são Paulo, conhecendo o teatro, matérias sobre teatro, teatro adulto, teatro infantil, shows em sp, eventos em sp, teatros em cartaz em sp, teatros em cartaz na capital, teatros em cartaz, teatros em são Paulo, teatro zona sul sp, teatro zona leste sp, teatro zona oeste sp, nanda roveri,

CRISOFT - Criação de Sites ® 2005
HOME PAGE | QUEM SOU | TEATRO ADULTO | TEATRO INFANTIL | MULTICULTURAL | CONTATO
CRÍTICAS OPINIÕES CINEMA
MATÉRIAS MATÉRIAS SHOWS
ESTREIAS ESTREIAS EVENTOS