Eventos: 32ª edição do Prêmio Shell de Teatro
Na última terça-feira, dia 10 de março
Na última terça-feira, dia 10 de março, os grandes artistas do teatro paulista se reuniram r para a cerimônia de premiação da 32ª edição do Prêmio Shell de Teatro, um dos mais importantes da cena teatral brasileira.

O evento premia os destaques do Rio e São Paulo, e em cada cidade é realizada uma cerimônia.

Um prêmio essencial para o reconhecimento de quem dedica a sua vida ao tablado, num pais onde a arte não recebe o apoio merecido.
Artistas que lutam para que o teatro não morra e proporcionam ao espectador diversão e aprimoramento do conhecimento.

A apresentação foi realizada pelos atores Leopoldo Pacheco e Vilma Melo.

Os artistas acabaram citando em seus discursos a lamentável situação da nossa cultura.

A homenageada da noite, a dramaturga Maria Adelaide Amaral, ao receber o Prêmio, disse que é lamentável o nosso governo virar as costas para a nossa cultura e fez questão de salientar o quanto o período da ditadura foi terrível.

Maria Adelaide a mais nova integrante da Academia Paulista de Letras.

Entre tantos reconhecimentos, o humor, geralmente deixado de lado das premiações, teve vez com o troféu de melhor ator para Luís Miranda, pelo seu trabalho em O Mistério de Irma Vap – direção de Jorge Farjalla. Miranda fez um apelo aos patrocinadores, lembrando que o teatro não tem o apoio merecido. Obrigado, mas precisamos de patrocínio', disse.

Na próxima terça (17), a cerimônia do Prêmio Shell Rio de Janeiro aconteceria no Copacabana Palace, mas foi cancelada devido aos
cuidados para a não proliferação do coronavírus.

VENCEDORES:
Direção:
Daniela Thomas por “Mãe Coragem”
Ator:
Luis Miranda por “O Mistério de Irma Vap”
Atriz:
Tania Bondezan por “A Golondrina”
Inovação:
Coletivo Estopô Balaio pelo trabalho desenvolvido no Jardim Romano, que valoriza a memória do migrante através de “Cidade dos Rios Invisíveis”.
Dramaturgia:
Janaina Leite por “Stabat Mater”
Cenário:
Carlos Calvo por “Cais Oeste”
Figurino:
Simone Mina por “Insônia – Titus Macbaeth”
Iluminação:
BETO BRUEL POR “LAZARUS”
Música:
Dani Nega, Eugênio Lima e Roberta Estrela D’Alva por “Terror e miséria no terceiro milênio – improvisando utopias”

Jurados
São Paulo:
Evaristo Martins de Azevedo (crítico de arte)
Lucia Camargo (jornalista e curadora)
Luiz Amorim (ator, diretor e gestor em produção cultural)
Maria Luisa Barsanelli (jornalista)
Ferdinando Martins (professor e crítico de arte)



DE OLHO NA CENA ® 2015 - Todos os Direitos Reservados
. . . . . . . . . . . .

DE OLHO NA CENA BY NANDA ROVERE - TUDO SOBRE TEATRO, CINEMA, SHOWS E EVENTOS Sou historiadora e jornalista, apaixonada por nossa cultura, especialmente pelo teatro.Na minha opinião, a arte pode melhorar, e muito, o mundo em que vivemos e muitos artistas trabalham com esse objetivo. de olho na cena, nanda rovere, chananda rovere, estreias de teatro são Paulo, estreias de teatro sp, criticas sobre teatro, criticas sobre teatro adulto, criticas sobre teatro infantil, estreias de teatro infantil sp, teatro em sp, teatros em sp, cultura sp, o que fazer em são Paulo, conhecendo o teatro, matérias sobre teatro, teatro adulto, teatro infantil, shows em sp, eventos em sp, teatros em cartaz em sp, teatros em cartaz na capital, teatros em cartaz, teatros em são Paulo, teatro zona sul sp, teatro zona leste sp, teatro zona oeste sp, nanda roveri,

CRISOFT - Criação de Sites ® 2005
HOME PAGE | QUEM SOU | TEATRO ADULTO | TEATRO INFANTIL | MULTICULTURAL | CONTATO
CRÍTICAS OPINIÕES CINEMA
MATÉRIAS MATÉRIAS SHOWS
ESTREIAS ESTREIAS EVENTOS