TEATRO
Acompanhe o melhor do teatro adulto e infantil! As principais estreias nos palcos estão aqui.
Não deixe de ler as matérias e críticas.

Entrevistas e dicas de espetáculos

Merlin e Arthur, Um Sonho de Liberdade
Publicado em 05/06/2019, 22:00
4
Facebook Share Button
O musical, com direção de Guilherme Leme Garcia, fala de amor e liberdade.

Sucesso no Rio, o espetáculo musical Ao som de Raul Seixas “Merlin e Arthur, Um Sonho de Liberdade” estra em cartaz no teatro Frei Caneca, em São Paulo, a partir de 7 de junho.

O musical, com direção de Guilherme Leme Garcia traz a fusão das linguagens do teatro, cinema e design.

Na trama, a famosa fábula de Arthur e sua távola redonda ganha forma nas mãos de um diretor experiente e que realiza um espetáculo que tem como destaque a presença de Merlin através de vídeoprojeção e com a interpretação de Vera Holtz, entre as grandes atrizes brasileiras. Merlin habita numa outra dimensão e o vídeo ressalta essa característica de forma impactante.

A Dramaturgia original assinada por Márcia Zanelatto.é baseada na fábula de Artur w a távola redonda e criada a partir da dramaturgia de Raul.

A fundação da Távola Redonda é uma lenda muito antiga e famosa mundialmente, mas o diretor e a dramaturga fizeram questão de fazer uma ponte entre a história e os tempos atuais, mostrando que a barbárie não leva a lugar nenhum e é preciso valorizar o amor, a liberdade e a diversidade.

Vale lembrar a trama que tem como foco principal a lenda celta do mago Merlin e o Rei Arthur com os Cavaleiros da Távola Redonda : A história se passa na cidade de Camelot e é contada em duas fases, com o elenco se dividindo na interpretação dos papéis mais jovens e nos dias mais recentes. O público acompanha a saga de Arthur, Guinevere e Lancelot com as suas trajetórias permeadas por batalhas, conquistas, intrigas e paixões, além da famosa formação da Távola Redonda.

Quem dá vida a Merlin, que aparecerá através de imagens, é a atriz Vera Holtz, atualmente uma celebridade do mundo virtual (os posts dela no Instagram recebem milhares de curtidas). Ela estará em cena sempre de forma virtual.

Cenário, vídeo, luz, figurino, trilha e, claro, a presença dos talentosos atores, leva para o palco uma história atemporal e que evoca o amor e a liberdade como forma essencial para a manutenção da sobrevivência do homem no planeta Terra.

Referências geométricas e construtivistas estão presentes para evidenciar a atemporalidade da história. Lygia Clarck foi uma das referências para a concepção do espaço cênico. Para dar sustentabilidade à concepção cênica vale destacar o trabalho de Camila Schmidt, arquiteta, artista plástica e cenógrafa; Anna Turra, designer multimídia e Roger Velloso, diretor de filmes e de projetos multimídia imersivos e videoartista.

Foi através de um sonho que o diretor Guilherme Leme Garcia teve a ideia do assunto para o musical e logo entrou em contato com a produtora para viabilizar a montagem, a qual se caracteriza por uma encenação contemporânea para levar para o palco a força da fábula de maneira lúdica e moderna. E, claro, sem deixar de lado o universo medieval da luta e da magia.

Logo no início da concepção para o espetáculo, Guilherme Leme já pensou em Raul Seixas como o compositor ideal para ser o centro da trilha sonora.

São 51 intervenções musicais com composições de Raul Seixas e também canções criadas especialmente para o espetáculo. A riqueza musical é visível através de instrumentos diversos para criar camadas musicais para Merlin. O coro canta em diversos idiomas para reforçar o caráter universal e atemporal da história. Claro que a brasilidade da nossa música também está presente.

Sobre a escolha de Raul Seixas para compor a trilha sonora, o diretor declara: ¨O pensamento de Arthur é o mesmo pensamento de Raul¨.

Entre os destaques do numeroso elenco está Paulinho Moska ( como o Rei Arthur), mais conhecido por sua atuação na área da MPB como cantor e compositor – é a sua estreia em musicais e nunca tinha interpretado um protagonista. Ele está no palco com a sua mulher, Larissa Bracher, que pela primeira vez canta em cena e interpreta a segunda fase de Guinevere .

Foi o diretor quem convidou Moska para o projeto. Moska divide o palco com a sua mulher, Larissa, que já participou de seis espetáculos com Garcia ( e, por esse motivo, a satisfação de integrar o elenco do musical ganhou um estímulo especial).

Moska, que tem formação teatral, mas há anos não pisava no palco como ator, deixou um pouco os seus trabalhos como músico para se dedicar ao personagem. Para ele é um desafio estar em cena e ele contou com a ajuda da esposa, que é coach, para orientá-lo na criação do personagem.

¨A peça fala sobre amor e liberdade; Arthur une em sua távola pessoas diferentes. Fala da importância da existência e o que você vai fazer com a sua única vida. Ele tem fé no todo a partir do amor pela humanidade e, para ele, a liberdade é a síntese da vida. Tudo o que eu queria dizer para a plateia o Arthur¨, sinaliza Moska. ¨Arthur é unificador, assim como o músico é unificador para o seu público¨, complementa o ator e músico.

Completam o elenco: Larissa Bracher (Guinevere), Vera Holtz (que da vida a Merlin de forma virtual), Gustavo Machado (Lancelot), Patrick Amstalden, Kacau Gomes, Rodrigo Salvadoretti, Natália Glanz, Saulo Segreto, Gabi Porto, Ubiracy Brasil, Santiago Villalba, Fernanda Gabriela, Daniel Haidar, Oscar Fabião, Laíze Câmara, Thainá Gallo, Dennis Pinheiro, Renato Caetano, Paola Poliny, Leonam Moraes, Carol Pita e Félix Boisson

Embora Vera não esteja em cena fisicamente, os atores afirmam que a atriz tem importância fundamental porque foi ela quem deu o primeiro compasso de amor para a equipe. Na história é Merlin quem orienta Arthur e o motiva a não desistir nunca de lutar pelos seus objetivos.

Desde o inicio, o diretor pensou na atriz e a ideia dela aparecer em vídeo surgiu durante o processo de concepção da montagem, já que a personagem fala com o protagonista de outra dimensão.

Ficha Técnica:
Concepção e direção: Guilherme Leme Garcia
Texto: Márcia Zanelatto
Elenco: Vera Holtz, Paulinho Moska, Larissa Bracher, Gustavo Machado, Patrick Amstalden, KacauGomes, Rodrigo Salvadoretti, Natália Glanz, Saulo Segreto, Gabi Porto, Ubiracy Brasil, Santiago Villalba, Fernanda Gabriela, Daniel Haidar, Oscar Fabião, Laíze Câmara, Thainá Gallo, Dennis Pinheiro, Renato Caetano, Paola Poliny, Leonam Moraes, Carol Pita e Félix Boisson
Direção musical e arranjos: Fabio Cardia e Jules Vandystadt
Direção de Movimento e Coreografia: Toni Rodrigues
Set design, cenografia, iluminação e videodesign: Anna Turra, Camila Schmidt e Roger Velloso
Figurino: João Pimenta
Visagismo: Fernando Torquatto
Desenho de som: Carlos Esteves
Produção de elenco: Marcela Altberg

Serviço – São Paulo – Estreia – 7 de junho
Tempo de Duração: 2h15min + 15 minutos de interval
Endereço: Rua Frei Caneca, 569 – Shopping Frei Caneca, 7º Andar
Telefones: (11) 3472-2229 / (11) 3472-2230 / (11) 3472-2226
Classificação Indicativa: Livre
Temporada – de 7 de junho de 2019 a 18 de agosto de 2019
Teatro Frei Caneca – de sexta a domingo:
Sexta-feira – 20h
Sábado – 16h e 20h
Domingo – 19h
Lembrete: Preços especiais de pré-venda: Na primeira semana de espetáculo – 7 a 9 de junho – o valor do ingresso terá um desconto de 50%
Vendas Online: www.ingressorapido.com.br
Preços:
Sexta
Plateia Vip – R$ 120,00
Plateia – 90,00
Plateia Popular – R$ 50,00
Sábado e Domingo
Plateia Vip – R$ 150,00
Plateia – 120,00
Plateia Popular – R$ 50,00
Circuito Cultural Bradesco Seguros
Manter uma política de incentivo à cultura faz parte do compromisso do Grupo Bradesco Seguros com a conquista da longevidade com qualidade de vida, considerando a cultura como ativo para o desenvolvimento dos capitais do conhecimento e do convívio social. Nesse sentido, o Circuito Cultural Bradesco Seguros se orgulha de ter patrocinado e apoiado, nos últimos anos, em diversas regiões do Brasil, projetos nas áreas de música, dança, artes plásticas, teatro, literatura e exposições, além de outras manifestações artísticas.
Dentre as atrações realizadas recentemente, destacam-se os musicais Bibi – uma vida em musical, Bem Sertanejo, Les Misérables, 60 – Década de Arromba, Cinderella, Chacrinha, O Musical, Elis – A Musical, A Família Addams, O Rei Leão e Wicked, além da Série Dell’Arte Concertos Internacionais, Ballet Zorba, O Grego e a exposição inaugural da Japan House, Bambu – histórias de um Japão.



Clique nas imagens para ampliar:



DE OLHO NA CENA ® 2015 - Todos os Direitos Reservados
. . . . . . . . . . . .

DE OLHO NA CENA BY NANDA ROVERE - TUDO SOBRE TEATRO, CINEMA, SHOWS E EVENTOS Sou historiadora e jornalista, apaixonada por nossa cultura, especialmente pelo teatro.Na minha opinião, a arte pode melhorar, e muito, o mundo em que vivemos e muitos artistas trabalham com esse objetivo. de olho na cena, nanda rovere, chananda rovere, estreias de teatro são Paulo, estreias de teatro sp, criticas sobre teatro, criticas sobre teatro adulto, criticas sobre teatro infantil, estreias de teatro infantil sp, teatro em sp, teatros em sp, cultura sp, o que fazer em são Paulo, conhecendo o teatro, matérias sobre teatro, teatro adulto, teatro infantil, shows em sp, eventos em sp, teatros em cartaz em sp, teatros em cartaz na capital, teatros em cartaz, teatros em são Paulo, teatro zona sul sp, teatro zona leste sp, teatro zona oeste sp, nanda roveri,

CRISOFT - Criação de Sites ® 2005
HOME PAGE | QUEM SOU | TEATRO ADULTO | TEATRO INFANTIL | MULTICULTURAL | CONTATO
CRÍTICAS OPINIÕES CINEMA
MATÉRIAS MATÉRIAS SHOWS
ESTREIAS ESTREIAS EVENTOS