TEATRO
Acompanhe o melhor do teatro adulto e infantil! As principais estreias nos palcos estão aqui.
Não deixe de ler as matérias e críticas.

Entrevistas e dicas de espetáculos

Darson Ribeiro apresenta O homem que queria ser livro no circuito Biblioteca Viva, da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo
Publicado em 07/03/2019, 22:00
7
Facebook Share Button
O homem que queria ser livro leva para o palco história pessoal da infância e o seu atual momento

Na peça, O homem que queria ser livro, Darson Ribeiro expõe inquietaçãos pessoais que também podem estar presentes na vida de qualquer pessoa.Um trabalho que mistura drama, humor e poesia evidencia a alma do ser humano diante do capôs do mundo, onde emana a falta de humanidade e a falta de leitura que dificulta a relação do homem com ele mesmo.

Com autoria de Flavio de Souza, a peça tem o teatro como meio de vida e expressão. “Flavio consegue tratar de assuntos atuais e atemporais com dramaticidade e bom humor”, explica Darson.,

Passando por Itaquera, Ermelino Matarazzo, Vila Prudente, Santana, Aricanduva, São Miguel Paulista, Pinheiros, Tatuapé, Perus e Vila Carrão, a montagem, segundo ribeiro ¨ é quase um trocadilho entre “li-vro” e “li-vre”. Segundo Darson Ribeiro, é o teatro em busca de algo que a maioria das pessoas, muitas vezes, esquece ou mesmo ignora: a retomada da criança interior, no sentido humanista da ação. Com esta montagem, Darson não teve como objetivo realizar uma “ode” ao livro, mas utilizar-se desse instrumento milenar para, por meio do teatro, reforçar ao to de “pensar em si”. Para ele, “a sugestão fica: tudo está em nós mesmos”, declara.

Ribeiro também evidencia que ¨o ‘homem-livro’ do espetáculo se pendurou aos livros e ficou suspenso no ar – também no sentido metafórico do não alcance terreno, como se as palavras tivessem o poder de suspender, elevar, prum céu sonhado. “As pessoas já não sonham mais, sequer imaginam”, reflete o artista.

¨Ao contrário de um ‘anjo caído’, o ‘homem-livro’ desobedeceu aos homens, não ao Divino, e flutuou nas letras usando as capas dos livros como alicerce. E, diante de tamanho embrenhamento nas histórias, vê-se como Dom Quixote. Mas, afinal, os livros são aquilo que também o faz sair da fantasia e entender a realidade. E aí, ele vence¨.

Ney Matogrosso tem uma participação em off, que merece ser citada, e a direção é de Rubens Rusche .

Ficah técnica: Idealização, título e interpretação: Darson Ribeiro. Texto: Flavio de Souza. Direção: Rubens Rusche. Participação especial: Ney Matogrosso (na canção “Coração de Luto”, de Teixeirinha. Assistentência de Direção: Arnaldo D’Avila. Cenário e figurino: Darson Ribeiro. Fotografia: Eliana Souza. Design gráfico:Iago Sartini. Diagramação: Torino Comunicação. Assessoria de imprensa: Verbena Comunicação. Visagismo: Claudio Germano. Design de luz: Rodrigo Souza. Iluminotécnica: Ednei Valdoski LPL Lighting Productions. Operação de luz e som: João Marcos Barbosa. Edição de som: Lalá Moreira DJ. Gravação: Estúdio Alma Sintética (RJ). Trilha sonora: Rubens Rusche. Vozes em off: Arnaldo D’Ávila, Juju Bac, João Marcos Costa, Rodrigo Souza e Cris Broilo. Armazenamento e logística: Personnalite Transportes & Mudanças. Produção: Dr Produções. Realização: Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo.

Serviço / BIBLIOTECA VIVA

Espetáculo: O Homem que Queria Ser Livro
Idealização, título e interpretação: Darson Ribeiro
Texto: Flavio de Souza. Direção: Rubens Rusche. Participação especial: Ney Matogrosso.
Duração: 45 minutos. Gênero: Drama. Classificação: Livre

Programa: Biblioteca Viva
Temporada: de 7 a 31 de março/2019
Local: Bibliotecas Municipais da Secretaria Municipal de Cultura
Ingressos: Grátis

Cronograma de apresentações:

7 de março (quinta, às 14h30) - Biblioteca Vinicius de Moraes
Av. Jd Tamoio, 1119, Cj. José Bonifácio, Itaquera. Tel: (11) 2521-6914

9 de março (sábado, às 14h) - Biblioteca Rubens Borba
Rua Sampei Sato, 440, Ermelino Matarazzo. Tel: (11) 2943-5255

10 de março (domingo, às 11h) - Biblioteca Ricardo Ramos
Pça. Centenário de Vila Prudente, 25, Vila Prudente. Tel: (11) 2273-4860

16 de março (sábado, às 11h) - Biblioteca Narbal Fontes
Rua Cons. Moreira de Barros, 170, Santana. Tel: (11) 2973-4461

17 de março (domingo, às 11h) - Biblioteca Milton Santos
Av. Aricanduva, 5777, Jd. Aricanduva. Tel: (11) 2726-4882

20 de março (quarta, às 14h30) - Biblioteca Raimundo de Menezes
Av. Nordestina, 780, São Miguel Paulista. Tel: (11) 2297-4053

23 de março (sábado, às 14h) - Biblioteca Álvaro Guerra
Av. Pedroso de Moraes, 1919, Pinheiros. Tel: (11) 3031-7784

29 de março (sexta, às 14h) - Biblioteca Prof. Arnaldo Giácomo Magalhães
Rua Restinga, 136, Tatuapé. Tel: (11) 2295-0785

30 de março (sábado, às 14h) - Biblioteca Padre José de Anchieta
Rua Antonio Maia, 651, Perus. Tel: (11) 3917-0751

31 de março (domingo, às 11h) - Biblioteca Lenyra Fraccarolli
Pça. Haroldo Daltro, 451, Vila Nova Manchester, Carrão. Tel: (11) 2295-2295


Clique nas imagens para ampliar:



DE OLHO NA CENA ® 2015 - Todos os Direitos Reservados
. . . . . . . . . . . .

DE OLHO NA CENA BY NANDA ROVERE - TUDO SOBRE TEATRO, CINEMA, SHOWS E EVENTOS Sou historiadora e jornalista, apaixonada por nossa cultura, especialmente pelo teatro.Na minha opinião, a arte pode melhorar, e muito, o mundo em que vivemos e muitos artistas trabalham com esse objetivo. de olho na cena, nanda rovere, chananda rovere, estreias de teatro são Paulo, estreias de teatro sp, criticas sobre teatro, criticas sobre teatro adulto, criticas sobre teatro infantil, estreias de teatro infantil sp, teatro em sp, teatros em sp, cultura sp, o que fazer em são Paulo, conhecendo o teatro, matérias sobre teatro, teatro adulto, teatro infantil, shows em sp, eventos em sp, teatros em cartaz em sp, teatros em cartaz na capital, teatros em cartaz, teatros em são Paulo, teatro zona sul sp, teatro zona leste sp, teatro zona oeste sp, nanda roveri,

CRISOFT - Criação de Sites ® 2005
HOME PAGE | QUEM SOU | TEATRO ADULTO | TEATRO INFANTIL | MULTICULTURAL | CONTATO
CRÍTICAS OPINIÕES CINEMA
MATÉRIAS MATÉRIAS SHOWS
ESTREIAS ESTREIAS EVENTOS