TEATRO
Acompanhe o melhor do teatro adulto e infantil! As principais estreias nos palcos estão aqui.
Não deixe de ler as matérias e críticas.

Críticas - Teatro Adulto

O Rei da Vela - O espírito crítico do texto de Oswald de Andrade continua vivo 50 anos após a estreia da antológica montagem de Zé Celso
Publicado em 02/11/2017, 22:00
2
Facebook Share Button
O espírito contestador da obra de Oswald continua vivo. A peça foi escrita em 1933 ou hoje?! Essa pergunta vem à tona após assistir ao espetáculo, mediante a história que traz um assunto extremamente atual.

Oswald escreveu O Rei da Vela num período de segunda guerra, imperialismo americano, crise do café e ascensão dos burgueses empresários e que só conseguem enxergar $$$. Vale tudo para a conquista do poder.

Na trama, que muito se parece com o que vivemos hoje: O desejo pelo poder e pelo dinheiro faz muita gente cometer atrocidades. A sociedade, mesmo decadente, esbanja soberba. A hipocrisia emana de uma maneira vergonhosa dos políticos e empresários. Uma sociedade aparentemente nobre, esconde, na verdade, a podridão de quem se sente superior. Os desejos estão à flor da pele e eles são enrustidos. O amor está em segundo plano porque as relações são tecidas a partir de interesses diversos.

Abelardo I é empresário, agiota e comete atrocidades; quem não paga dívidas é preso como um animal. O povo é inferior e merece ser explorado. A supremacia de Abelardo I não é eterna porque ele convive com pessoas sem escrúpulos e é passado para trás. O homem forte enquanto rico, se acovarda diante da pobreza. Típico de um ser humano que além de bandido, é estúpido e vazio.

Uma história que está mais acesa do que nunca. O tempo passa e o ser humano continua digno de lástima. A ganância impera na política e na economia de uma maneira avassaladora.

Zé Celso não criou nova concepção cênica para O Rei da Vela, mas muitas falas foram adaptadas para os dias sombrios de hoje. O espírito transgressor, tropicalista e antropofágico está vivo nessa montagem que é mais uma vez antológica.

Criatividade, luz, cor, o espírito festivo do Oficina (sobretudo na cena de Yes, nós temos bananas), elenco excelente, crítica social e política do início ao fim. O Rei da Vela é tudo isso, e muito mais!

O cenário circulante foi destaque há 50 anos e continua merecendo atenção, pois é essencial para dar vitalidade às cenas.

Nada mais oportuno do que comemorar os 50 anos da estreia de O Rei da Vela com a união entre Zé e Renato Borghi, e a presença de um elenco que traz artistas que integram ou integraram o Teatro Oficina/ Uzina Ozona. Atores que merecem muitos aplausos pela atuação. Além de Borghi e Zé Celso, Marcelo Drummond, Sylvia Prado, Camila Mota, Tulio Starling, Ricardo Bittencourt, Regina França, Roderick Himeros, Elcio Nogueira Seixas, Joana Medeiros, Daniele Rosa, Tony Reis .

Borghi interpretou o protagonista Abelardo I em 1967 e agora brilha com o mesmo personagem. Um presente para o nosso teatro, para o espectador.

Aos 80 anos, Renato mostra um vigor que emociona, a sua entrega é de corpo e alma, brilhante! Ele sempre viveu para o teatro e é nítido que ele tem muito prazer em interpretar um personagem tão importante dentro da sua carreira.

Zé e Renato, 80 anos de vida. Criadores do Teatro Oficina e que continuam realizando um trabalho que instiga o espectador a pensar sobre o mundo em que vivemos.

Se você gosta de teatro, uma recomendação: Corre para o Sesc Pinheiros. A temporada termina dia 19/11 e as sessões acontecem somente aos sábados e domingos. O Sesc Pinheiros está lotando e não dá para perder!

A estreia de O Rei da Vela aconteceu e o Silvio Santos acabou de ganhar na justiça a permissão para construir o seu grande empreendimento comercial no Bixiga. O fato mostra o quanto o texto é atual.

A supremacia do poder econômico vence o valor histórico e artístico do teatro Oficina. O prédio sede do Oficina é tombado e a construção vai prejudicar a arquitetura do teatro, que foi projetado para que o entorno do local ficasse integrado ao seu espaço interno. A construção do shopping e dos prédios irá descaracterizar o projeto da arquiteta mundialmente conhecida e respeitada.

Se você acredita que a construção precisa ser barrada, assine:

https://secure.avaaz.org/…/Geraldo_Alckmin_secretario_Jos…/…
ESPETÁCULO MEMORÁVEL!

Ficha Técnica:
Texto - Oswald de Andrade
Diretor - Zé Celso
Conselheira poeta - Catherine Hirsh
Elenco Renato Borghi, Marcelo Drummond, Sylvia Prado, Camila Mota, Tulio Starling, Ricardo Bittencourt, Regina França, Roderick Himeros, Elcio Nogueira Seixas, Joana Medeiros, Daniele Rosa, Tony Reis e Zé Celso.
Ponto - Nash Laila
Canção de Jujuba - letra de Oswald de Andrade e música de Caetano Veloso
Diretor de arte - Hélio Eichbauer
Arquitetura cênica - Carila Matzenbacher E Marilia Gallmeister
Diretor de cena - Otto Barros
Criador do bonecão Abelardo I - Ricardo Costa
Criadora da cobra de Abelardo I - Lala Martinez Corrêa
Pintura artística - Vicent Guilnoto
Figurinista - Gabriela Campos
Maquiadora - Beatriz Sergio de Barros
Iluminador - Beto Bruel
Sonoplasta - Andréia Regeni
Diretora de produção - Ana Rubia Melo
Produtor executivo e administrador - Anderson Puchetti
Ilustrações de cenários e figurinos - Hélio Eichbauer


Sesc Pinheiros Teatro Paulo Autran
Sábados 19h00 Domingos 18h00

DE OLHO NA CENA ® 2015 - Todos os Direitos Reservados
. . . . . . . . . . . .

DE OLHO NA CENA BY NANDA ROVERE - TUDO SOBRE TEATRO, CINEMA, SHOWS E EVENTOS Sou historiadora e jornalista, apaixonada por nossa cultura, especialmente pelo teatro.Na minha opinião, a arte pode melhorar, e muito, o mundo em que vivemos e muitos artistas trabalham com esse objetivo. de olho na cena, nanda rovere, chananda rovere, estreias de teatro são Paulo, estreias de teatro sp, criticas sobre teatro, criticas sobre teatro adulto, criticas sobre teatro infantil, estreias de teatro infantil sp, teatro em sp, teatros em sp, cultura sp, o que fazer em são Paulo, conhecendo o teatro, matérias sobre teatro, teatro adulto, teatro infantil, shows em sp, eventos em sp, teatros em cartaz em sp, teatros em cartaz na capital, teatros em cartaz, teatros em são Paulo, teatro zona sul sp, teatro zona leste sp, teatro zona oeste sp, nanda roveri,

CRISOFT - Criação de Sites ® 2005
HOME PAGE | QUEM SOU | TEATRO ADULTO | TEATRO INFANTIL | MULTICULTURAL | CONTATO
CRÍTICAS OPINIÕES CINEMA
MATÉRIAS MATÉRIAS SHOWS
ESTREIAS ESTREIAS EVENTOS