TEATRO
Acompanhe o melhor do teatro adulto e infantil! As principais estreias nos palcos estão aqui.
Não deixe de ler as matérias e críticas.

Críticas - Teatro Adulto

A Cor Púrpura
Publicado em 27/01/2020,
100
Facebook Share Button
Emoção. Como não sair do teatro em êxtase com um elenco magnífico?
TODOS dão um show em cena. Atores de luz!
Viva o teatro. A Cor Púrpura fala de fé, esperança, amor e respeito.
Uma obra-prima do cinema, baseada em livro, e que ganha os palcos brasileiros numa época sombria. Extremamente oportuna a estreia desse musical.
Traz uma história que se mantém atual e trata de questões que precisam ser exploradas nesse tempo em que ser negro(a), mulher e homossexual ainda encontra o desrespeito de quem não entende que somos irmãos, que cada um tem o seu valor - e beleza - e que o importante é amar, com respeito, e ser feliz!
Celie, ainda adolescente, é abusada sexualmente pelo seu suposto pai, tem dois filhos, mas esse homem não os deixa em sua casa.
A perda dos filhos só não a deixa cair em total desespero porque ela tem uma irmã, Nettie, que é a sua cúmplice e amiga.
Numa vida de sofrimento, ela é obrigada casar ir viver com um fazendeiro também bruto, violento (Mister) , para cuidar da casa e dos filhos desse homem que a chamava de feia e a maltratava sem piedade (ele, na verdade, queria é casar-se com a sua irmã, que foge porque ele quase a violenta.
Celie sempre acreditou que a sina da mulher era servir o homem. Tudo muda em sua vida quando ela conhece a cantora Shug Avery, grande amor do seu marido.
O que era trevas agora ganha ares de esperança. Ela descobre o paradeiro da irmã e dos filhos após muitos anos distantes - através de cartas que nunca tinham chegado em suas mãos e que são encontradas por Shug.
Num ato de bravura, separa-se do marido e consegue sobreviver dignamente porque ganha uma herança inesperada e descobre que costurar é o seu maior dom.
Chega a viver com Shug, mas ela é artista, do mundo, não abre mão da sua liberdade. Ser humano que merece todo o respeito porque mostra a Celie que cada um tem a sua beleza e o seu valor.
A redenção acontece e mostra que todo ser humano pode mudar o rumo da sua vida. O seu ex marido, com a solidão, passa a ajudar o próximo e acontece o esperado reencontro com a sua irmã e os seus filhos.
Claro que a trama conta com mais personagens e detalhes, mas para mergulhar nesse universo que tem como pano de fundo o racismo no sul dos Estados Unidos na primeira metade do século XX. com passado escravocrata, que tal ir ao teatro?
A direção é correta, não traz cenas de impacto visual e nem grandes cenários. O foco está na interpretação dos atores e na intensidade do texto.
As cenas do filme são mais fortes, mas a opção de suavizar alguns momentos da história, sobretudo das ações violentas sofridas pelas mulheres, não tira da obra a sua qualidade. A indicação do musical é 12 anos.
Até o meio do primeiro ato a história está ganhando força, mas num certo momento da trama, uma explosão de sentimentos e situações faz com que as cenas tenham grande impacto devido à primorosa interpretação de todos do elenco.
A trilha serve para dar nais força ainda ao texto falado e o canto dos atores emana com uma energia espetacular.
Claro que Letícia Soares, como Celie, tem o merecido destaque por ser a protagonista e carregar a missão de interpretar no teatro uma personagem que no cinema foi vivida pela excelente Whoopi Goldberg. Leticia vive uma personagem que com certeza é um presente para uma atriz com o seu talento.
Agora, é preciso frisar a qualidade de todo o elenco e equipe.
Não tem como deixar de usar superlativos para o elenco brilhante.
Versão brasileira Artur Xexéo.
Letícia Soares, Sérgio Menezes, Lilian Valeska, Flavia Santana, Jorge Maia, Alan Rocha, Ester Freitas, Analu Pimenta, Suzana Santana, Claudia Noemi, Erika Affonso, Caio Giovani, Renato Caetano, Thór Jr, Gabriel Vicente, Leandro Vieira, Nadjane Rocha.
Direção Tadeu Aguiar.
(180min).
Theatro NET São Paulo - R. Olimpíadas, 360 / 5º andar. Shopping Vila Olímpia.
Sex, 20h30; sab, 17h e 21h; dom, 19h.
De R$75 a R$220.
12 anos.
A Cor Púrpura - O Musical
Baseado no livro que deu a Alice Walker o prêmio Pulitzer e no filme de Steven Spielberg. Whoopi Goldberg é a protagonista.
#acorpurpura
#musical
#theatronetsp
Clique nas imagens para ampliar:

DE OLHO NA CENA ® 2015 - Todos os Direitos Reservados
. . . . . . . . . . . .

DE OLHO NA CENA BY NANDA ROVERE - TUDO SOBRE TEATRO, CINEMA, SHOWS E EVENTOS Sou historiadora e jornalista, apaixonada por nossa cultura, especialmente pelo teatro.Na minha opinião, a arte pode melhorar, e muito, o mundo em que vivemos e muitos artistas trabalham com esse objetivo. de olho na cena, nanda rovere, chananda rovere, estreias de teatro são Paulo, estreias de teatro sp, criticas sobre teatro, criticas sobre teatro adulto, criticas sobre teatro infantil, estreias de teatro infantil sp, teatro em sp, teatros em sp, cultura sp, o que fazer em são Paulo, conhecendo o teatro, matérias sobre teatro, teatro adulto, teatro infantil, shows em sp, eventos em sp, teatros em cartaz em sp, teatros em cartaz na capital, teatros em cartaz, teatros em são Paulo, teatro zona sul sp, teatro zona leste sp, teatro zona oeste sp, nanda roveri,

CRISOFT - Criação de Sites ® 2005
HOME PAGE | QUEM SOU | TEATRO ADULTO | TEATRO INFANTIL | MULTICULTURAL | CONTATO
CRÍTICAS OPINIÕES CINEMA
MATÉRIAS MATÉRIAS SHOWS
ESTREIAS ESTREIAS EVENTOS