TEATRO
Acompanhe o melhor do teatro adulto e infantil! As principais estreias nos palcos estão aqui.
Não deixe de ler as matérias e críticas.

Críticas - Teatro Adulto

Tom na Fazenda é uma explosão de emoções e sensações
Publicado em 18/03/2019, 22:00
8
Facebook Share Button
Tom na Fazenda é uma explosão de emoções. A mentira permeia a vida dos personagens que se envolvem numa perigosa teia de sentimentos.

Tom ( vivido por Armando Babaioff - idealizador do projeto) chega na fazenda da mãe e do irmão do seu namorado, que faleceu num acidente de carro.

Para a sua surpresa ninguém sabia de sua existência, ou sabiam mais isso era um assunto tabu?!

Num primeiro momento, Tom chega com todos os trejeitos de garoto urbano, publicitário e descolado. Aos poucos vai se enrudecendo, perdendo as forças diante de uma realidade onde impera a mentira, a solidão, a carência, desejos enrustidos, a homofobia, a estagnação.

O personagem estabelece com o irmão do seu namorado, Francis, uma perigosa relação, onde impera a violência. O desejo é algo forte, mas sufocado.

Tom sofre torturas, ameaças e não consegue se desvencilhar de uma relação doentia; ao mesmo tempo que fica impactado com alguns detalhes da vida no campo , não sabe muito bem como agir diante de pessoas aprisionadas num mundo de ignorância. Um mergulho na alma seres humanos brutalizados que não conseguem lidar com o amor. O carinho é um tabu.

A tensão aumenta, as emoções estão sempre à flor da pele. Uma tragédia pode acontecer porque os dois personagens perdem o controle. Atração e repulsa se confundem de forma doentia.

Os diálogos são fortes. A palavra tem força, mas a expressão corporal é essencial para a construção dos momentos de grandes tensões, já que o misto de atração e repulsa que domina os personagens é mostrado através da expressão corporal (excepcional) dos atores.
Interpretações viscerais, memoráveis, numa sintonia e sincronia que arrepia e atordoa.

Os silêncios também são essenciais para dar a trama um furor extremo, já que Francis cometeu um crime no passado porque um garoto foi contar-lhe que seu irmão era gay. Um crime que fez com que toda a família fosse sempre desprezada na localidade em que residem. Um lugar inóspito, longe de tudo e onde o preconceito e o medo do que ¨os outros vão dizer¨ domina o cotidiano.

A mãe (brilhante na pele de Kelzy Ecard) vive sempre escondendo as suas emoções, envoltas no mundo de mentiras por medo ou acomodação.

Fingiu sempre que desconhecia a verdadeira orientação sexual do seu filho, amenizou a tragédia do assassinato que Francis cometeu e ¨fez vista grossa¨ para a violência verbal e física que Tom é vítima devido ao caráter duvidoso de Francis.

Uma questão surge: Francis sempre teve inveja do irmão, pela sua coragem de abandonar a vida no campo e ir atrás de um futuro promissor na cidade?

A tensão emocional e física é tão grande que exige atores totalmente entregues em cena. Interpretações viscerais de Armando Babaioff e Gustavo Vaz, memoráveis, numa sintonia e sincronia que arrepia e atordoa.. Precisão na técnica e na transmissão dos sentimentos, presentes na medida certa.

A presença da ótima atriz Camila Nhary como Sarah quebra um pouco do peso das cenas, mas acentua também o quanto a mentira pode ganhar proporções estrondosas. Além disso, é após a sua chegada que a situação entre os personagens se torna insustentável e a tragédia da cena final se anuncia.

O diretor Rodrigo Portella guia os atores com precisão, acentuando o quanto a expressão corporal dos atores é essencial, mas provando que ela deve andar em conjunto com as emoções para que a trama ganhe sentido. Nada está em excesso.

As cenas são envolventes e impactantes. Gestos e falas são complexas porque os personagens possuem diversas camadas e nem sempre expõem as suas ideias de forma explícita. Os sentimentos também estão expressos no olhar, nas intenções...

No palco vazio, ocupado pela tensão física e psicológica dos personagens, a lama de emoções e sensações emana. A lama cobre o palco e os corpos dos atores nesse ambiente opressor e primitivo .

A trilha ecoa de uma maneira que salienta a tensão no palco e o aprisionamento/sufocamento dos personagens. A luz também reforça esse ambiente.

FICHA TÉCNICA
Texto: Michel Marc Bouchard
Tradução: Armando Babaioff
Direção: Rodrigo Portella
Elenco:
Kelzy Ecard
Armando Babaioff
Camila Nhary
Gustavo Vaz
Cenografia: Aurora dos Campos
Iluminação: Tomás Ribas
Figurino: Bruno Perlatto
Concepção Sonora: Marcello H.
Preparação Corporal: Lu Brites
Hair Stylist: Ezequiel Blanc
Produção: Galharufa Produções
Idealização: ABGV Produções Artísticas

Temporada: de16 de março a 14 de abril.
Apresentações: sexta e sábado, às 21h, e domingo, às 18h.
Local: Sesc SantoAmaro – Rua Amador Bueno, 505. Tel.: (11) 5541 4000.
Ingressos: R$ 30 (inteira), R$ 15 (meia) e R$ 9 (Credencial Plena).
Duração: 120 min. Lotação: 279 lugares. Classificação etária: 18 anos.
Bilheteria: Terça a sexta, das 10h às 21h30. Sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h30.
Facebook e Instagram: @tomnafazenda



.
Clique nas imagens para ampliar:

DE OLHO NA CENA ® 2015 - Todos os Direitos Reservados
. . . . . . . . . . . .

DE OLHO NA CENA BY NANDA ROVERE - TUDO SOBRE TEATRO, CINEMA, SHOWS E EVENTOS Sou historiadora e jornalista, apaixonada por nossa cultura, especialmente pelo teatro.Na minha opinião, a arte pode melhorar, e muito, o mundo em que vivemos e muitos artistas trabalham com esse objetivo. de olho na cena, nanda rovere, chananda rovere, estreias de teatro são Paulo, estreias de teatro sp, criticas sobre teatro, criticas sobre teatro adulto, criticas sobre teatro infantil, estreias de teatro infantil sp, teatro em sp, teatros em sp, cultura sp, o que fazer em são Paulo, conhecendo o teatro, matérias sobre teatro, teatro adulto, teatro infantil, shows em sp, eventos em sp, teatros em cartaz em sp, teatros em cartaz na capital, teatros em cartaz, teatros em são Paulo, teatro zona sul sp, teatro zona leste sp, teatro zona oeste sp, nanda roveri,

CRISOFT - Criação de Sites ® 2005
HOME PAGE | QUEM SOU | TEATRO ADULTO | TEATRO INFANTIL | MULTICULTURAL | CONTATO
CRÍTICAS OPINIÕES CINEMA
MATÉRIAS MATÉRIAS SHOWS
ESTREIAS ESTREIAS EVENTOS